Segue abaixo nossas últimas considerações discutidas no GEA a partir da leitura do capítulo 3 do livro “Alfabetização”. Estudando sobre as estratégias de aprendizagem: Estratégias de processamento da informação: O ser humano é capaz de memorizar inúmeras informações, assim como os animais. No entanto, nos animais a memorização é mecânica e nos seres humanos a.. saiba mais →

  Estratégias metacognitivas: As estratégias cognitivas são as que envolvem atenção, memorização, processamento da informação, percepção, afetividade, aprendizagem etc. É todo o processo cognitivo da aprendizagem. A cognição age quando estamos fazendo algo, quando os processos mentais estão em funcionamento. A metacognição pede o parar e o pensar. Pensar sobre o pensar. Ajuda a refletir.. saiba mais →

  Foi trabalhado nesse encontro capítulo 3 (Estratégias de aprendizagem) do livro “Alfabetização”. Alguns aspectos abordados pelo grupo: Para Pozzo (2002, p.32) na sociedade de informação, o capital humano e a capacidade de aprendizagem devem ser privilegiados. Capital humano é tudo aquilo que pode contribuir com a humanidade, são as condições básicas do indivíduo como.. saiba mais →

  Discussão sobre a apropriação do sistema de escrita, baseados nos textos de Cagliari e no artigo: Análise da relação entre a habilidade e integração visuo-motora e o desempenho escolar,  trazido carinhosamente pela colega Valeska. Segue as principais ideias discutidas pelo grupo num “recorte” preparado pela Valeska. Considerações de Cagliari: O ensino da Língua Portuguesa.. saiba mais →

  Leituras desse encontro: capítulo 2 sobre “Sentimentos da aprendizagem”  baseados no livro “O desafio de aprender ao longo da vida” de Guy Claxton. A seguir algumas conclusões. A aprendizagem é sustentada por três pilares: a resiliência, a desenvoltura e a reflexibilidade. Emoções básicas que surgem no processo que envolve a aprendizagem:  angústia, medo, aversão,.. saiba mais →

  A seguir alguns pontos destacados pelo grupo referente ao capítulo 2 do livro “Alfabetização”: Segundo Teberosky e Colomer (2003), existem três grandes perspectivas que sustentam a alfabetização: naturalista, cognitivista e construtivista. Na perspectiva naturalista, a aprendizagem da língua se dá naturalmente. O aprendiz conta com  a ajuda de outros aprendizes e de um professor,.. saiba mais →

  A seguir alguns pontos destacados pelo grupo referente ao capítulo 2 do livro “Alfabetização”: Aprendizagem é um processo que envolve vínculos individuais e coletivos. Os vínculos individuais estão relacionados aos conhecimentos prévios que você já tem e os coletivos resultam das interações com o meio. Os vínculos permitem aprendizagens positivas e negativas. A aprendizagem.. saiba mais →

  Neste encontro o grupo destacou alguns pontos importante: História – “A história é a transformação ao redor de algo que é conservado.” O mais importante na mudança é a conservação. Madalena Freire  escreveu um livro que fala  sobre a conservação da mudança. (O nome ainda será lembrado) Alegoria da caverna – como sair dela?.. saiba mais →

  ALFABETIZAÇÃO: aprendizagem e conhecimento na formação docente / organizado por Evelise Portilho. Curitiba: Champagnat, 2011. As pessoas, de maneira geral, independente da idade e da cultura, aprendem hoje de maneira diferente da de ontem. Os estímulos, o acesso à informação, as habilidades, competências e estratégias, o processamento da atenção e da memória são solicitados.. saiba mais →

Autora: Evelise Maria Labatut Portilho Neste artigo apresentamos a Metacognição como uma das possibilidades do adulto aprender com mais qualidade, eficácia e autonomia. Em toda atividade cognitiva podemos utilizar dois tipos diferentes de estratégias: as cognitivas, que são utilizadas com o objetivo de favorecer o progresso da atividade cognitiva até a meta que se quer atingir,.. saiba mais →