• A metacognição sugere que você entre em contato com o conhecer do seu conhecer.
  • Ao olharmos para nós mesmos como aprendizes, temos a oportunidade de rever e ressignificar nossas representações, nossos conhecimentos, nossas ações.
  • Ao aprender a aprender tenho a chance de perceber minhas dificuldades e facilidades atuais e a oportunidade de avançar em direção a novas e melhores conquistas.
  • A metacognição propõe o olhar em direção aos processos cognitivos, isto é, a como aprendemos o que aprendemos.
  • A árvore pode ser comparada a um cérebro quando observamos a rede de conexões complexas que o compõe e que estão ligadas a uma pessoa que pensa, sente age e interage.
29 mar 2016
março 29, 2016

Filme:Paulo Freire Contemporâneo

0 Comentário

Direção: Toni Venturi. Duração: 52 min. Ano: 2006. Um tocante documentário para TV sobre o pensamento e a antropologia do pedagogo Paulo Freire. O filme atualiza Freire, mostrando as experiências educacionais atuais nas mais afastadas regiões do Brasil e como seu revolucionário método de alfabetização vai tirando os excluídos. saiba mais →

29 mar 2016
março 29, 2016

Filme: Bebês

0 Comentário

Direção: Thomas Balmès. Duração: 76 min. Ano: 2008. Quatro países e quatro bebês, desde o nascimento até os seus primeiros passos. Seus nomes são Ponijao, Bayarjargal, Mari e Hattie, e eles vivem na Namíbia, na Mongólia, do Japão e nos Estados Unidos. O filme “BEBÊS” nos convida a explorar simultaneamente, e em quatro culturas muito diferentes, capturando os momentos.. saiba mais →

29 mar 2016
março 29, 2016

Filme: Escola de bambu

0 Comentário

Direção: Vinicius Zanotti. Duração: 15min.  Ano: 2011. Na periferia de Monróvia, capital da Libéria, país africano devastado por uma guerra civil entre os anos 1989 e 2003, Sabato Neufville ergueu uma escola com paredes de bambu e teto de folhas de zinco. No local, 160 crianças são alfabetizadas e adquirem noções de geografia, história, inglês.. saiba mais →

29 mar 2016
março 29, 2016

Filme: O fim do recreio

0 Comentário

Direção: Vinicius Mazzon e Nélio Spréa. Duração: 17 min. Ano: 2012. No Congresso Nacional, um projeto de lei pretende de acabar com o recreio escolar. Ao mesmo tempo, em uma escola municipal de Curitiba, um grupo de crianças pode mudar toda essa história. Recheado de vibrantes brincadeiras infantis, O Fim do Recreio é um curta-metragem para todos os.. saiba mais →

Direção: Tide Gugliano Duração: 25 min. Ano: 2013. “Formiga come do que carrega” faz um mapeamento espontâneo e despretensioso da Ciranda de Pernambuco – através do encontro com seus herdeiros e guardiões vivos – revelando sua sonoridade e paisagem, sua característica surpreendentemente democrática e o risco iminente de se perder com o tempo. saiba mais →

Direção: Toni Venturi. Duração: 77 min.  Ano: 2011. O cineasta Toni Venturi revisita uma página emocionante e pouco conhecida da história da educação pública no Brasil: os colégios Vocacionais do estado de São Paulo que na década de 60 foram reprimidos pela ditadura militar. Concebidos por Maria Nilde Mascellani, uma das mais importantes pedagogas contemporâneas, tinham uma proposta.. saiba mais →

23 mar 2016
março 23, 2016

Filme: Mitã

0 Comentário

Direção: Lia Mattos e Alexandre Basso. Duração: 52 min. Ano: 2013. Mitã. Criança brasileira. O ser humano em sua dimensão criadora transcende o tempo despertando para as possibilidades de um “Mundo Novo”. Uma poética da infância inspirada por Fernando Pessoa, Agostinho da Silva e Lydia Hortélio, trazendo importantes ideias sobre educação, natureza, espiritualidade e a Cultura.. saiba mais →

Direção: Cacau Rhoden. Duração: 80 min. Ano: 2014. A partir dos depoimentos de adultos de gerações, origens e profissões diferentes, o documentário discorre sobre a pluralidade do ato de brincar, e como o homem pode se relacionar com a criança que mora dentro dele. Por meio de reflexões, o filme mostra as diferentes formas de como.. saiba mais →

23 mar 2016
março 23, 2016

Filme: Sementes do Nosso Quintal

0 Comentário

Direção: Fernanda Heinz Figueiredo. Duração: 118 min. Ano: 2004. O filme retrata o cotidiano de uma escola de educação infantil sem precedentes. Therezita Pagani, uma educadora controversa e carismática, discorre sobre o potencial de uma boa educação para uma criança. O documentário acompanha crianças de diferentes idades vivenciando as relações e os conflitos com os colegas,.. saiba mais →